Nova York – A volta para Casa

SAMSUNG CSCOlá minhas divas,

Hoje eu me sinto mais realizada, mais renovada, me sinto uma nova mulher. Nesses 2 meses e meio que passei em Nova York, aprendi a lidar com pessoas completamente diferentes de mim, aprendi a lidar com a saudade, com a perda, com o sofrimento, com a alimentação, com o clima completamente diferente do meu País, do meu estado especificamente falando, e com todos esses aprendizados eu levo comigo um ar mais leve, mais sereno. Sei que Deus nunca deixa de estar ao meu lado e da minha família e Ele nos fez acreditar que os nossos sonhos podiam se tornar realidade, nós batalhamos para que tudo desse certo e deu! 🙏🏻
Senti saudade da minha família, dos meus cachorros, dos meus amigos, do meu Rio de Janeiro, mas tudo que vivi em Nova York vou levar para o resto da vida, conheci pessoas maravilhosas, conheci cultura de outros países, aprendi sobre Países que nunca tinha escutado falar. Eu nunca pensei em conhecer a Sérvia, mas hoje penso diferente, conheci pessoas extremamente divertidas, carismáticas, prestativas e calorosas como nós brasileiros e já penso em me programar para conhecer um pouco mais sobre esse País.

Na primeira vez que vim para Nova York, tive uma visão um pouco diferente, cheguei no Brasil falando que as pessoas andam muito rapidamente e que a cidade é suja, nessa segunda vez percebi a mesma coisa, mas aprendi a ser mais rápida, pois os nova iorquinos fazem mil coisas em um dia, e por incrível que pareça o dia rende, você faz milhares de coisas em 24 horas.

Nós brasileiros temos muito que aprender com os americanos, como eles têm que aprender certas coisas com nós brasileiros, Nova York é uma cidade com milhares de pessoas de todo o mundo e tudo é respeitado, todos têm o seu direito de ir e vir, eu nunca fui discreta no Brasil e sempre me olhavam com um jeito diferente pelo modo de se vestir, lá tudo é liberal, você usa o que você bem entende e ninguém tem nada a ver com isso e nisso nós estamos muito abaixo, pois o preconceito está em nós mesmos.

O transporte público nem se fala, são 24 linhas que abrange toda a cidade de Nova York, e o melhor de tudo que o metrô é 24 horas, para a segurança eu bato palmas, quantas vezes voltei altas horas da madrugada de metrô e nada nos aconteceu , graças a Deus, as ruas sempre cheias e o melhor de tudo que você pode usar o seu celular a hora que bem entende, todos sabem o seu limite, o que é seu e seu e ninguém tira de você.

Mas os mendigos, nossa foram tantos que vimos, peço a Deus que abençoe cada um deles, em cada esquina você encontra um, a vida em NY é muito difícil e imagino o quanto a pessoa não passou para virar morador de rua, no Brasil encontramos muito menos do que aqui.

Nessa viagem aprendi muita coisa e carrego uma bagagem incrível e sei que ninguém vai me tirar, pois toda a experiência que vivi foi magnífica e mágica.

Me despeço dessa Cidade encantadora e inspiradora com um muito obrigada por me recepcionar tão bem! Um até breve!! 🇺🇸🗽

1779734_912195702199906_7382725083975985680_nUm grande beijo! Uma ótima semana! 🙂

Anúncios

4 respostas em “Nova York – A volta para Casa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s